sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Trilha

Nessa xícara só tem leite. Então por que perguntar se quero café? Se sei que não adicionarão café. Alguém já reparou?

Nesse lugar só vendem bebidas. Então pra que parar? Se tens fome. Você já parou.

Tantas mesas vagas, por que sentar justo no balcão? Para que os outros sintam seu cheiro, ouçam sua voz, percebam seu calor. Ninguém aqui irá te amar. Nem um minuto, nem a vida toda, nem aquele garçom novo cheio de espinhas, ou aquele homem bonito. Talvez a garçonete. Ela te ofereceu uma torta.
Para mim, ela só tinha bebidas.

Não que eu me importe. Dentre todos, escolheria o pianista cego. Talvez ele não me amasse, mas pelo menos fingiria que sim.

E fingiria com trilha sonora.