sábado, 5 de dezembro de 2009

Conversa

-Você deveria estar perfeitamente feliz agora.
Silêncio sufocante.
-Você tem tudo. Muito mais que muitos. Sua vida é mais fácil do que a de quase todos, até a de seus pais. Por mais que eles ainda tenham problemas e estes lhe atingem, a sua vida continua perfeita.
Ela não conseguiu esconder o sangue que acumulou nas bochechas. Por mais que olhasse seus pés ambos ali sabiam a resposta para tais afirmações.
-E seus amigos? Muitos também tem uma vida fácil, mas não tão fácil quando comparada a sua.
Ela não conseguia encarar aqueles olhos.
-E então? Você está feliz perfeitamente feliz?
Ela ainda olhava seus pés
-Não.
Sua voz estava tão tremula quanto suas pernas e teria sido inaudível se não fosse pelo silêncio absurdo da sala.
Ambos estavam decepcionados.
E então, lentamente, carregando todo o peso do sentimento de culpa, ela conseguiu encarar aquele par de olhos. E a imagem do espelho estava tão envergonhada quanto ela.

Encarar a vida é fácil, quando comparado a encararmos a nós mesmos.